A grandeza da inteligência

by

intelec

Medir é quase uma compulsão para os cientistas. A possibilidade de isolar as grandezas de um fenômeno físico para então quantifica-las é um dos pilares do método científico. Trocando em miúdos, a comprovação de uma teoria científica se faz, normalmente, por experimentos que envolvem medições. O Sistema Internacional de Unidades – SI estabelece toda uma gama de grandezas físicas passíveis de serem medidas e que dão conta dos fenômenos estudados pela ciência. Em sendo assim, ficamos um tanto surpresos quando uma estudante nos propôs que imaginássemos um instrumento de medir ainda não inventado, para quantificar uma grandeza física ainda não descoberta pela ciência.

Por se tratar de um exercício de imaginação resolvemos encarar o desafio, e começamos por imaginar que fenômenos físicos teriam sido negligenciados pela ciência. Não é tarefa fácil fazer isso em pleno século XXI, quando milhares de cientistas do mundo inteiro se esmeram em desenvolver todo tipo de tese, especular sobre todo tipo de fenômeno e pesquisar cada aspecto do mundo concreto e objetivo. Então resolvemos mudar de rumo e abordar aspectos menos tangíveis, ou mais subjetivos, do conhecimento. Existirá, por exemplo, um instrumento que meça inteligência? Bem, até onde sabemos, existem vários métodos para avaliar a inteligência das pessoas e, mesmo, de outros animais. Não sabemos, porém, de nenhum aparato tecnológico que, acoplado a alguém, consiga expressar num único número o grau de inteligência do espécime investigado. Na verdade, antes de criar tal instrumento precisaríamos isolar a grandeza a ser medida, isto é, defini-la conceitualmente. Será a inteligência uma grandeza já definida? O que é, afinal, a inteligência?

Pois bem, inteligência parece ser uma daquelas coisas que todo mundo supõe saber o que é, mas cujo significado preciso nos escapa. Por isso, precisamos recorrer à psicologia, que é a ciência responsável pelo estudo dessas coisas complicadas. Nem é preciso dizer que existem várias definições sobre o que seja inteligência. Resumimos, aqui, duas delas:

Habilidade de entender ideias complexas, de se adaptar com eficácia ao ambiente, de aprender com a experiência, de se engajar nas várias formas de raciocínio e de superar obstáculos mediante o pensamento.

Capacidade mental geral que envolve a habilidade de raciocinar, planejar, resolver problemas, pensar de forma abstrata, compreender ideias complexas, aprender rápido e aprender com a experiência.

Além disso, teses mais recentes em psicologia defendem a existência de mais de um tipo de inteligência. O psicólogo Howard Gardner desenvolveu a teoria das inteligências múltiplas, identificando sete diferentes tipos inteligência: lógico-matemática, linguística, espacial, musical, cinemática, intrapessoal e interpessoal, enquanto o psicólogo Daniel Goleman e outros investigadores desenvolveram o conceito de inteligência emocional…  Também vale lembrar que os testes de quociente de inteligência, o famoso QI, são obtidos a partir de questionários compostos por uma mistura desses vários aspectos, de modo que os resultados variam muito dependendo de como são criados e de quem os aplica.

Bom, isso tudo complica bastante o nosso projeto de isolar o Intelec, como possivelmente seria chamada a grandeza psicofísica da inteligência. Concluímos por reconhecer que, embora tenhamos instrumentos tão precisos e potentes que conseguem medir a radiação das estrelas distantes ou as dimensões de uma molécula, ainda não estamos aptos a medir coisas tão próximas de nós como a nossa capacidade intelectiva.

Anúncios

Tags: ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: