Caminhando e contando

by

Muitas das antigas maneiras de medir ainda persistem entre nós, sobretudo aquelas que se baseiam em partes do nosso corpo. O passo é uma delas. Passo é uma antiga medida romana, abolida há muito tempo, que equivalia a 5 pés (mais ou menos 1,5m). Hoje em dia, só nos lembramos do passo como unidade de medir quando vemos, nos filmes de piratas, o capitão contar passos para encontrar o seu tesouro enterrado.

Para quem não se lembra, um passo equivale à distância percorrida por um dos pés, geralmente o pé direito, do momento em que sai do solo até o momento em que toca o solo novamente. Quando contamos os passos dos dois pés temos o meio passo. O passo completo também é chamado, um tanto impropriamente, de passo duplo.

Com a popularização de práticas esportivas como as caminhadas, “trekkings” e enduros a pé, a contagem de passos deixou de ser apenas um modo rústico de medir para se tornar uma maneira eficiente de controlar as distâncias percorridas pelos praticantes dessas modalidades.

Para contar passos, a primeira coisa a fazer é verificar qual a distância percorrida pelo seu passo. A melhor maneira é contar dez passos andando em linha reta. Procure andar naturalmente e no ritmo que você pretende usar nas caminhadas. Conte apenas os passos de um dos pés, o direito, por exemplo. Com um giz, marque o ponto onde você vai colocar a ponta do pé para iniciar a caminhada e, após contar os dez passos, marque o ponto atingido pelo último passo dado.  Se você for contar os passos do pé direito inicie o primeiro passo com o pé esquerdo.  Conte um passo cada vez que o pé direito tocar no chão. Então, com uma trena, metro articulado ou uma fita métrica, meça a extensão percorrida e divida por dez. Se, por exemplo, você percorreu 16 metros, então o seu passo mede 1,6 metros.  Uma vez que você saiba o tamanho do seu passo é só sair por aí, caminhando e contando. Contar passos exige muita concentração. Por isso, se você não tiver paciência de ficar contando os passos que dá, pode usar um pedômetro ou conta-passos, que faz isso automaticamente por você.  O pedômetro funciona através de sensores que reconhecem o movimento envolvido numa passada e se baseia nos princípios físicos da inércia, equilíbrio, aceleração e desaceleração. O pedômetro mecânico utiliza um sistema de pêndulo e mola acionado pelo movimento vertical das ancas, enquanto o pedômetro eletrônico detecta o impacto do pé ao bater no chão. Pedômetros geralmente contam meios passos, ou seja, marcam os passos dados por ambos os pés. A vantagem do pedômetro eletrônico é que basta você informar o tamanho do seu passo (meio passo) ao aparelho, e ele faz o cálculo da distância automaticamente.

É bom lembrar que a medição com contagem de passos não é precisa, mas a precisão, aqui, não é requisito necessário. O importante é que se tenha uma estimativa aproximada da distância percorrida. Boa caminhada!

Anúncios

Tags:

Uma resposta to “Caminhando e contando”

  1. Tassiane Says:

    Bom dia,
    A Editora Positivo esta em via de aprovar um material Hábile – Matemática destinado a alunos do 6º ano do Ensino Fundamental autoria de Maria Aparecida Saab, tiragem de 5.000 exemplares. Para concretizá-lo, estamos na dependência de obter autorização, para reproduzir a tira “Caminhando e contando”.
    Esperando a compreensão para a importância didática desse projeto, solicitamos informações sobre a maneira como o copyright deve constar na referida obra, caso o aprove.
    Agradecendo antecipadamente, aguardamos seu posicionamento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: