Hoje é o dia da Filosofia! Quem diria!

by

Dizem que foram os gregos os inventores da filosofia. Sem dúvida foram eles quem inventaram a palavra, que significa “amizade pelo saber”. Os filósofos são, portanto, os amigos do conhecimento. Entretanto, na antiga Grécia, houve época em que conviveram dois grupos relativamente distintos de pensadores.

Uns se proclamavam sábios e ficaram conhecidos como Sofistas. Os outros, para se distinguirem dos primeiros, adotaram o nome de Filósofos. Acontece que os sofistas eram hábeis em retórica, a arte do discurso e do convencimento, e diziam as más línguas que eles sempre conseguiam o apoio da platéia para a sua causa, não importando se o que defendiam era justo ou verdadeiro. Já os filósofos pretendiam buscar a verdade e davam um valor menor à retórica. Seja como for, os sofistas acabaram ficando mal falados e, aos poucos, foram sendo esquecidos. Enquanto isso os filósofos prosperaram.

Na verdade, tanto os sofistas quanto os filósofos foram os protagonistas de uma revolução cultural de tal magnitude que deu origem a nada menos que as ciências!  Sim, as ciências são filhas da filosofia. Com o tempo, entretanto, assim que ficava mais crescidinha cada ciência ia se desligando da Filosofia para fazer carreira solo. É difícil dizer quem se tornou independente primeiro. Pessoalmente, acho que foi a Metrologia, mas sou suspeito. Há quem diga que foi a Matemática e a sua irmã Geometria. Parece que as ditas ciências físicas, que até bem pouco tempo eram chamadas de “história natural” desligaram-se em seguida. A própria História, a Astronomia, a Geografia, a Biologia, a Química, e muito recentemente a Sociologia, a Antropologia e a Psicologia também ganharam vida própria. Até a Lógica, sua filha mais dileta, emancipou-se, embora não saia da casa da mãe! Hoje, quase todas essas ciências já têm seus próprios filhos, ou seja, ciências que nasceram de outras ciências, netos e netas da filosofia… E se tanta perda não bastasse, volta e meia a Filosofia tem que disputar espaço com as religiões…

Assim é a vida, diria a Filosofia, filosoficamente. “Panta Rei”! Nós exclamamos, lembrando o bom e velho Heráclito: Tudo flui, nada é o mesmo, todas as coisas estão em constante movimento e transformação.

Atualmente, depois de tanta mudança, depois de ir perdendo gradativamente porções importantes do seu objeto de estudos, a que será que ficou reduzida a filosofia? Bom, parece que não sobrou muito, talvez as questões mais espinhosas ou inefáveis, as especulações sobre Ética… Nestes tempos de instrumentalização do saber, nestes tempos em que o conhecimento é visto apenas como recurso técnico para a produção e consumo, quando a reflexão parece ter saído de moda, terá a filosofia algum papel a representar?  A resposta é um sonoro SIM! Basta ler um filósofo (ou mesmo um sofista) de qualquer época para ficar convencido disso!

Em nome da Metrologia, rendemos homenagem à mãe de todas as ciências.

Anúncios

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: