Sensibilizar para combater a desigualdade

by

Esse mês aqui no Ipem-SP, a Comissão de Pró-Equidade de gênero junto com o Departamento de Comunicação,  lançou um concurso de fotografia  para despertar  os servidores para o tema de equidade e dessa forma contribuir para o debate e proposição de soluções no âmbito do instituto.

Na próxima quinta-feira, às 15h, na sala de treinamento, ocorre a cerimônia de premiação, que irá entregar uma máquina digital para o primeiro colocado e livros de fotografia para os demais vencedores. A data escolhida é reconhecida como “Dia Internacional da Não-Violência contra a Mulher”. Logo após, haverá palestra sobre o assunto do dia.

Você pode conferir os 5 primeiros colocados logo abaixo! O concurso não só fortaleceu o conceito de equidade no Ipem como revelou as criatividade e sensibilidade artística dos participantes:



A primeira colocada foi a oficial de apoio à Metrologia e Qualidade, da Regional Capital Norte, Denise Lutiano. A foto vencedora tem o título “Conquistando as estradas” e mostra a caminhoneira Margareth a bordo de um veículo-tanque, no momento em que passava pela verificação anual no posto do Ipem. Apesar de formada em Farmácia pela USP, Margareth, que é mãe de dois filhos já advogados, conseguiu conquistar espaço trabalhando na mesma profissão que o marido, também caminhoneiro.

A foto foi escolhida pelos integrantes da comissão pela “relevância da mensagem do ideário da igualdade de gênero, que condiz com o tema do concurso: mostra uma mulher em uma atividade a qual estamos pouco acostumados a ver e pela qualidade estética da foto”, de acordo com o coordenador do grupo, Luiz Henrique de Almeida Silva, especialista em Metrologia e Qualidade, responsável pela Assistência Técnica do Departamento de Metrologia Legal e Fiscalização (DMLF).

O segundo lugar ficou para o diretor da Regional de Presidente Prudente, Thirso Aparecido Marconi, com a foto “faces ocultas”, que mostra mulheres trabalhando em uma olaria, na região de Panorama-SP, no Oeste do Estado de São Paulo, atividade que exige um grande esforço físico. “Causou-nos alegria o grande número de mulheres empregadas com seus direitos preservados e respeitados”, afirmou o autor da foto.

A terceira colocada é a foto que mostra mulheres e homens trabalhando lado a lado na construção de uma edificação religiosa. A imagem, de autoria da assistente de direção do Departamento de Análise e Gestão de Processos (DAGP), Edenize Nascimento da Silva, tem o sugestivo nome “Não, ATRÁS, mas AO LADO, de um grande homem, sempre tem uma grande mulher.

Na quarta colocação ficou a inspirada foto de Rafael Lopes da Silva, técnico em Metrologia e Qualidade da Regional Capital Norte. A fotografia tem o título auto-explicativo de “Há espaço para todos”.

Por fim, a foto da oficial de apoio em Metrologia da Qualidade do Departamento de Recursos Humanos (DRH), Sandra Hase, ficou na quinta colocação. Sandra retratou o próprio filho “Tai fazendo Tricô”, numa demonstração de sensibilidade da servidora

 

 

Anúncios

Tags: , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: