Primavera

by

Finalmente chegou a primavera! Aqui no Brasil, um país eminentemente tropical, as mudanças de estação não costumam ser tão bem marcadas como ocorre nos países de clima temperado, situados em latidudes mais elevadas.

Mas o que é que a metrologia tem com isso? Bem, a concepção mesma de latitude é uma abordagem metrológica. É a metrologia aplicada à geodésia. Para quem não se lembra, latitude e longitude são  marcadas sobre o globo terrestre e permitem medir distâncias e localizar um ponto na superfície do planeta. Isso é feito com os chamados paralelos e meridianos.

Os meridianos são traçados de pólo a pólo, verticalmente ao equador. Marcam a longitude. O principal deles é o meridiano de Greenwich, que passa pela cidade do mesmo nome na Inglaterra. É o marco inicial de longitude e dos fusos horários.  Os paralelos são, como o nome diz, traçados paralelamente ao equador e delimitam, entre outras coisas, as zonas tropicais e polares. Marcam a latitude.

Os trópicos delimitam as zonas tropicais e marcam o ponto mais ao norte, ou mais ao sul, dos solstícios de verão e de inverno. O solstício ocorre duas vezes ao ano e marca o momento de maior diferença de duração entre o dia e a noite. O trópico de Capricórnio, por exemplo, é a linha imaginária (paralelo) que delimita a zona tropical sul. Passa aqui em São Paulo (23° 26’ 16” S)  e corresponde ao limite do solstício.  Isso significa que esse é o ponto mais ao sul onde os raios de sol chegam perpendicularmente na terra.

Falávamos de primavera, não é. Pois a primavera começa no dia do equinócio! É o momento em que a elíptica do sol cruza o equador. Equinócio significa noites iguais, tanto o dia como a noite têm a mesma duração. O ano tem dois equinócios, em março e em setembro. Os equinócios marcam o início do outono e da primavera, sendo que quando é primavera aqui no hemisfério sul, é outono no hemisfério norte, e vice versa. Este ano o equinócio da primavera ocorreu às 9h 4min do dia 23 de setembro.

Ah! Naturalmente seria mais interessante se tivéssemos feito uma abordagem romântica da primavera, a estação das flores, dos amores e dos humores. Mas sabe como é, a metrologia é uma ciência, e ciência é assim mesmo…

Anúncios

Tags: ,

Uma resposta to “Primavera”

  1. Tira do Pesado e Medido – Primavera! | Almanaque do Ipem - SP Says:

    […] https://ipemsp.wordpress.com/2011/09/28/primavera/ ). […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: