Medições Fabulosas: O Palmo e o Papagaio

by

Dona Gervásia tinha um papagaio que estava “na família” há mais de quarenta anos.

É claro que todo esse tempo de convívio com as pessoas fez com que o bicho aprendesse uma grande quantidade de palavras e expressões. Uma das suas frases favoritas era: “Sete palmos”. Ninguém sabia com quem o louro aprendera isso. Sempre que alguém comentava o tamanho de qualquer coisa, fosse comprimento, peso ou volume, o papagaio dizia imediatamente: Sete palmos.

Certa vez, Dona Gervásia prometera doar um bolo à quermesse da igreja local. A idéia era vendê-lo em fatias para dar mais lucro. O dinheiro iria ajudar a reforma do altar de Santa Escolástica. O Vigário, naturalmente, foi discutir o assunto e insistia em perguntar sobre o bolo:

– E então, Dona Gervásia, de que tamanho será o bolo?

– Sete palmos – Disse o papagaio.

– Quieto – Repreendeu Dona Gervásia. – Não sei, padre, aí de uns cinco quilos.

– Sete palmos – Repetiu o papagaio.

– Mas sete palmos de comprimento ou de altura? – Perguntou o padre, já interessado naquilo.

– Não dê atenção a esse papagaio intrometido, seu padre – Disse Dona Gervásia.

– Minha filha. – Falou o pároco – Isso só pode ser inspiração divina! Um bolo de sete palmos seria muito bem vindo na nossa quermesse! É a Santa Escolástica que está falando pelo bico dessa ave.

– Sete Palmos – falou o papagaio.

– Mas, seu padre, eu nem sei quanto são sete palmos! – Desconversou Dona Gervásia.

– Ora – Respondeu o vigário – O palmo é utilizado há muito tempo como medida. É a distância entre o polegar e o dedo mínimo, com a mão bem aberta. Equivale a uns 22 centímetros, mas para facilitar as contas vamos dizer que são 20…

– Bom, então sete palmos dá um metro e quarenta!  – Exclamou Dona Gervásia, já assustada.  – A altura do meu neto! É bolo que não acaba mais!

– Sete palmos – Insistiu o papagaio.

– Pense na Santa – Disse o vigário convincentemente – Ela ficará eternamente grata.

Dona Gervásia não teve como recusar. Prometeu que faria. Porém, boleira experiente, ela resolveu fazer uns cálculos. Concluiu que para cumprir a promessa e, ao mesmo tempo, manter o peso em 5 kg como pretendera desde o começo, bastava mudar um pouco a forma do bolo. Por isso, no dia da quermesse, ela entregou ao padre um bolo de 1,40 m de comprimento e…10 cm de largura.

Anúncios

Tags:

2 Respostas to “Medições Fabulosas: O Palmo e o Papagaio”

  1. Leinha Says:

    Observação arguta: e quanto dinheiro a Dona Gervásia arrecadou com a venda do bolo??

    • Montini Says:

      Cara Leinha,
      Dona Gervásia, espertamente, dividiu o bolo em 47 fatias de 3 cm cada. Cobrou 4 reais cada fatia e, auxliada pelo vigário, vendeu tudo! Apurou R$188,00! E o papagaio não ganhou nenhum pedacinho do bolo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: