IPEM-SP conclui o seu Plano Estratégico!

by

ponte-plan2

No dia 17 de fevereiro de 2014, administradores e servidores do IPEM-SP estiveram no auditório do Instituto Cultural Itaú (Itaú Cultural) para assistirem à exposição do texto final do seu Planejamento Estratégico para o próximo quinquênio.

O Plano levou seis meses para ser concluído e foi coordenado, formalizado e apresentado pela equipe de consultores da Fundação Instituto de Administração – FIA, entidade de ensino superior vinculada à Faculdade de Economia e Administração da USP.

O processo de construção do plano se deu em várias etapas e contou com a participação direta de dezenas de servidores, especialmente do Comitê de Contrapartida integrado pelos diretores de departamento, assessores e diretores representantes das Delegacias de Ação Regional, todos servidores de carreira do Instituto.

Curiosamente, a primeira e única tentativa de se construir um plano estratégico antes deste ocorreu há quase vinte anos. Infelizmente, o resultado obtido à época não foi satisfatório e as ações definidas pelo plano não foram implantadas.

Desta vez, entretanto, o processo de planejamento foi concluído com sucesso! Ele representa um enorme avanço para o IPEM-SP e uma ferramenta valiosa para a administração, que doravante poderá investir com previsibilidade e segurança em projetos de reconhecida importância estratégica para a Instituição, para os seus servidores e clientes e para a sociedade.

O termo “estratégia” vem do grego strategos (comandante militar) e originalmente designava a arte de comandar o exército e fazer a guerra. Do ponto de vista da administração, estratégia pode ser entendida como sendo o conjunto de objetivos de uma instituição e as maneiras definidas para atingi-los.

Vale lembrar que a construção de um plano estratégico passa pela avaliação da instituição e pela definição clara e objetiva da sua missão e da sua visão de futuro. Passa, ainda, pelo reconhecimento das suas forças e fraquezas e das oportunidades e ameaças determinadas pelo ambiente externo.

Os dados e informações assim obtidos são analisados e tratados convenientemente de modo a revelar as necessidades da Instituição no médio e longo prazo. Tais necessidades, vistas como situações-problema, determinam a criação de programas e projetos específicos que as solucionem. Esses programas e projetos, por sua vez, são organizados numa escala de prioridades segundo a sua importância estratégica.

E agora que já temos o Plano Estratégico, o próximo passo é desenvolver cada programa e cada projeto, conforme definido no plano, e implantá-los. Ou seja, o trabalho está apenas começando… Mãos à obra!

Anúncios

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: