Cronotacógrafo

by
IPEM-SP encontra irregularidades em “caixa preta” de veículos na ...

Cronotacógrafo analógico aberto, exibindo o disco diagrama.

Cronotacógrafo é um instrumento que registra velocidade, tempo e distância percorrida por um veículo em seu deslocamento. É reconhecido mundialmente por contribuir na redução de acidentes nas estradas, pois é considerado a “caixa preta” dos veículos de carga. A utilização do cronotacógrafo é regulamentada pela Resolução nº 92/1999 do CONTRAN.

Onde é obrigatório instalar?

Os veículos de carga com peso bruto acima de 4.536 quilogramas e os veículos de passageiros com mais de 10 lugares são obrigados pelo Código de Trânsito Brasileiro a possuir cronotacógrafo. Ele registra dados importantes em um disco diagrama ou fita diagrama num período de tempo mínimo de 24 horas. Os cronotacógrafos têm que ser, obrigatoriamente, aprovados pelo Inmetro e submetidos à verificação metrológica. Quanto aos cronotacógrafos digitais, estes ainda não foram aprovados pelo Inmetro (saiba mais aqui).

Os dados registrados pelo cronotacógrafo, como a velocidade, distância percorrida e tempo, além de operações realizadas pelo condutor do veículo, são informações aceitas legalmente como prova em caso de acidentes ou denúncias de má condução do veículo. Além disso, todas as informações ficam registradas nesse equipamento, o que possibilita descrever o comportamento do motorista.

Conforme pesquisas, um dos fatores responsáveis por acidentes com ônibus e caminhões é o excesso de horas ao volante. Segundo a Confederação Nacional dos Transportes, 51,5% dos motoristas trabalham de 13 a 19 horas por dia. Usado para identificar também esse problema, o cronotacógrafo pode ajudar a diminuir muito o número de acidentes.

Proporcionalmente à frota total de veículos no Brasil, os ônibus e caminhões têm uma participação cinco vezes maior nos acidentes.

Estradas | Saiba como verificar se um ônibus ou caminhão está com ...

Fiscalização de cronotacógrafo feita pelo Ipem-SP

Por isso, o Ipem-SP realiza diversas operações para fiscalizar os cronotacógrafos instalados nos coletivos de passageiros, ônibus escolares e veículos que transportam cargas em geral, em diversos municípios do interior, além da capital paulista.

Como saber se determinado veículo já foi verificado?

Para obter essa informação, é necessário ter em mãos o número do RENAVAM e a placa do veículo. O Inmetro disponibiliza esses dados. Clique aqui.

 

Tags:

2 Respostas to “Cronotacógrafo”

  1. Ronaldo A. Martins Says:

    Muito elucidativo.

    Em face do momento que estamos passando, faça uma apresentação sobre:

    – tipos de respiradores pulmonares (pressão versus volume)

    – oximetros

    Obg

    RAMartins

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.


%d blogueiros gostam disto: