Arquivo do Autor

Palestra “Sustentabilidade no ambiente de trabalho” orienta funcionários na reta final do 5S

12 de dezembro de 2011

 O Ipem-SP recrutou um grupo de funcionários em meados de outubro com a finalidade de desenvolver e monitorar a realização do projeto 5s em todas as sedes da instituição.

 Na semana final do projeto, o Ipem-SP tomou a cuidado de convidar um especialista na àrea para garantir que no “DIA D”, sexta-feira, todo o processo de descarte dos diferentes materiais seja realizado corretamente de modo que a regulamentação envolvida seja respeitada. O Inmetro, por exemplo, criou a portaria nº 319 que estabelece procedimentos e requisitos para tratamento e destinação de produtos apreendidos durante as atividades de fiscalização realizadas pela rede.

A palestra de “Sustentabilidade no ambiente de trabalho”  será realizada pelo advogado Fabrício Dorado Soler, coordenador do Departamento de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Felsberg e Associados e presidente da Comissão de Energia da OAB-SP. A palestra de Fabrício é uma ação da Comissão 5S do Ipem-SP.

O palestrante abordará temas como responsabilidade compartilhada, coleta seletiva, manejo, responsabilidade pós-consumo, destinação e disposição ambientalmente adequada de resíduos. Todos os servidores estão convidados.

 Fabrício é advogado pelo Centro Universitário de Araraquara. Pós-graduado em Gestão Ambiental na Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP), Gestão Ambiental e Negócios do Setor Energético pelo Instituto de Eletrotécnica e Energia da USP e MBA Executivo em Infraestrutura pela Escola de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV).
 
Também é autor de diversos artigos na área do direito ambiental e integrou a equipe jurídica que compôs o grupo de consultores do Banco Mundial na elaboração do estudo “Licenciamento Ambiental de Empreendimentos Hidrelétricos no Brasil: Uma Contribuição para o Debate.”
Anúncios

Campanha de Consciência ambiental no trabalho

12 de agosto de 2011

Consciência ambiental no trabalho é uma das metas do atual gestor da autarquia. Para isso, várias ações e temas foram escolhidos para sensibilizar os servidores do IPEM-SP. O objetivo da campanha é produzir menos lixo, desenvolver hábitos mais sustentáveis, além de ser uma forma de economia para a instituição e para o planeta. Na sessão de páginas aqui ao lado ->, você escolhe a página ” Campanha de Consciência ambiental no trabalho”  onde irá encontrar todas as ações  desenvolvidas em prol da campanha. Confira abaixo as matérias referentes a economia de papel e substituição do tradicional copinho de plástico por canecas que não são descartáveis.

Consumo inteligente de papel: todos nós ganhamos com isso

Desperdiçar papel sem qualquer reaproveitamento não é um problema pontual. Quanto mais papel é produzido, mais árvores são cortadas, mais água é gasta no processo de produção e mais espaço em lixos e aterros é ocupado. A produção de papel está entre os processos industriais que mais utilizam água. São necessários 540 litros para produzir um quilo. E para cada tonelada de papel virgem, doze árvores são derrubadas, segundo o Instituto Akatu.

Já reparou na quantidade de papel que você usa no dia-a-dia? Ele está em embalagens de produtos, livros, revistas, jornais, canhoto de compras e documentos.

E no trabalho, aqui no Ipem-SP? Imagine quantas folhas são gastas desnecessariamente nos diversos setores da autarquia. Mas alguns departamentos, como a Assessoria de Comunicação (ACO), já descobriram alternativas para reutilizar o que imprimiu e não vai usar mais e utilizam folhas impressas de um lado para imprimir do lado oposto, além de montar bloquinhos de anotação.

Algumas atitudes simples ajudam a economizar. Que tal fazer o seu papel?

Saiba como reduzir

– Reflita se a impressão de e-mails é realmente necessária. Utilize a opção “Visualizar Impressão”, antes de imprimir, é muito útil;

– Verifique as margens da folha, tamanho da fonte e tente redimensionar o conteúdo para caber no menor número de páginas possível. Às vezes, por uma linha apenas, uma folha inteira é utilizada;

– Se realmente for fundamental imprimir, imprima na frente e no verso das folhas ou configure a qualidade de impressão de sua impressora como “rascunho”, dessa maneira sairá menos tinta. Caso a impressora não tenha a opção de frente e verso, imprima “somente páginas ímpares”, feito isso coloque as folhas novamente na impressora em ordem, de maneira que quando selecionar “somente páginas pares”, as mesmas saiam impressas na ordem. Imprima de pouco em pouco, de três em três por exemplo. Assim, se caso a impressora puxar duas ou mais folhas, o prejuízo será menor;

– Guarde arquivos em CDs ou em pen drives em vez de mantê-los em versões impressas.

Reutilize as folhas

– Folhas usadas que estejam limpas dão ótimos bloquinhos para anotações. Use sua criatividade e crie-os de sua maneira;

– Folhas com uma face em branco servem para fazer alguns testes de impressão, então quando errar alguma, não amasse o papel e jogue-o fora. Guarde-o, quem sabe quando você precisará usá-lo para testes?

Para reciclagem

– Depois que você reduziu, fez bloquinhos e já os rabiscou com seus recados, é hora de mandar a papelada para reciclagem. Rasgue e jogue o papel sempre em um lixo reservado, separados dos demais, assim ele não irá para aterros sanitários;

– Folhas de caderno, envelopes, fotocópias, cartazes, panfletos e outros materiais de papel podem ser separados juntos. Afinal, é tudo de papel.

 Você já observou quantos copos de plástico consome por dia?

Só no prédio da sede do Ipem-SP foram utilizados no último mês 15 mil copos plásticos descartáveis de água e 500 unidades de copos para café. Isso, sem contar no prédio da Muriaé e das regionais na capital e interior. Muito não é? Será que não é uma boa ocasião para despertar a consciência ambiental no trabalho e também em casa? Pequenas atitudes podem fazer a diferença. Uma boa alternativa é cada um ter um caneca ou copo de vidro ao lado, com isso o uso dos copos plásticos descartáveis podem diminuir radicalmente. Colabore com o planeta, tornando-o sustentável para essa e as futuras gerações.

 

Um dos elementos mais usados nas empresas e que muitas vezes passa despercebido, mas que ataca a natureza de forma violenta são os copos plásticos descartáveis. A maioria das pessoas faz uso do copo uma única vez e já o descarta. Mas quantas vezes essa mesma pessoa toma água por dia? E quantos funcionários também não o fazem? Alguém já parou para pensar nisso? Quem diria que um ato tão corriqueiro e essencial poderia se transformar num atentado contra a natureza.

Uma boa alternativa é cada funcionário ter seu próprio copo ou caneca. São várias as possibilidades, caneca de cerâmica, vidro, ágata, que podem eliminar a sede sem produzir mais lixo, além de ser uma forma de economia para a autarquia e para o planeta.

Plásticos já respondem por 70% da poluição dos oceanos. De acordo com estudo realizado por organizações não governamentais, a concentração de material plástico nos oceanos, antes restrita a alguns pontos, hoje é onipresente nas águas dos mares do mundo inteiro e atingiu níveis inéditos. Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), existem 46 mil fragmentos de plástico em cada 2,5 quilômetros quadrados da superfície dos oceanos.

Quando o assunto é poluição, o plástico é sempre citado como um dos grandes vilões, pois leva mais de 100 anos para se degradar. Copos plásticos consomem energia na fabricação, matéria-prima e aumentam o acúmulo de lixo, contribuindo para a emissão de gases do efeito estufa.

Colabore com o planeta. Tenha uma caneca ou copo de vidro, por exemplo, por perto. Adote essa ideia!

Sede do Ipem-SP em Bauru completa 14 anos

5 de agosto de 2011

 

A sede do Ipem-SP foi inaugurada em Bauru em 1968 e desde 05/08/97 , a Regional  passou a funcionar em um novo e moderno prédio, completando hoje 14 anos de existência!

A estrutura física da Regional Bauru é composta por um laboratório que verifica os produtos pré-medidos, cerca de 10 produtos por dia . A Oficina Metrológica que  responde pelas medidas de volume  de 20 litros de postos de combustível e  pesos das oficinas de manutenção de balanças. Além disso, a regional conta agora com um  Telecentro para realização de palestras, workshops e videoconferências possibilitando aos servidores melhor capacitação e aprimoramento técnico.

 Possui, também, um auditório, utilizado em palestras, cursos e treinamentos, disponível aos servidores e ao público em geral.

A Regional de Bauru é completa no que diz respeito aos serviços e conta com um dos 4 Postos de verificação volumétrica e inspeção de caminhão – tanque realizando mais de mil atendimentos na soma dos dois serviços.

A Regional atende 56 municípios munida de 8 veículos, 24 servidores e atende 56 municípios.

Pesado e Medido convidam: Abertura do Salão do Humor dia 27 de agosto!

5 de agosto de 2011

 

Senhoras e senhores!

Chegamos ao oitavo mês do ano. Mês este que abriga nada mais, nada menos que o tão esperado Salão de Humor de Piracicaba! Nós aqui da redação do Blog do Ipem-SP até que tentamos convidá-los para o evento mais próximo da data, mas lidar com a ansiedade dos nossos colegas, Pesado e Medido, está sendo quase insuportável. Portanto, na tentativa de acalmá-los, resolvemos postar a programação do Salão agora mesmo!.

O evento ocorre em um dos locais mais bonitos da cidade de Piracicaba, no Parque do Engenho Central. Essa construção está passando por reformas e ficando cada vez mais agradável para receber tantos convidados ilustres no lançamento do Salão, dia 27 de agosto, às 20h01 min.

Vale lembrar que a programação conta com diversas atrações além da exposição dos trabalhos selecionados e premiados no 38° Salão do Humor. Haverá diversas exposições e eventos paralelos  de caricaturas, desenhos, charges e tiras. Serão peças de teatro, cinema, lançamento de livros, oficinas ,e muito mais. Confira!

 

Evento global abrange todas as àreas da metrologia

14 de junho de 2011

 O Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro), a Confederação Internacional de Metrologia (IMEKO) e a Sociedade Brasileira de Metrologia (SBM), têm a honra de anunciar a realização do Metrologia 2011,  que será realizado Centro de Convenções do Praiamar Hotel & Convention,  na cidade de Natal, Rio Grande do Norte, de27 a 30 de setembro de 2011. 

 O Metrologia 2011 é mais que um congresso Internacional.  Na verdade, configura-se em um grande evento global, em todas as áreas da metrologia, composto de cinco eventos simultâneos: (i) Metro-Expo 2011 – Feira e exposição de equipamentos de medição; (ii) o 18th  Symposium IMEKO TC 04; (iii) o IX Semetro – 9o Congresso Internacional de Metrologia Elétrica; (iv) o II CIMMEC – 2o Congresso Internacional de Metrologia Mecânica e; (v) o VI Congresso Brasileiro de Metrologia.

O evento tem o objetivo de aproximar e integrar pessoas e organizações nacionais e internacionais em um ambiente técnico-científico.

Neste evento serão discutidos temas que abrangem os mais recentes desenvolvimentos técnico-cientifícos em metrologia científica e industrial, metrologia legal, qualidade, inovação, avaliação da conformidade e as implicações das barreiras não tarifárias para o comércio exterior.

Estarão presentes no evento muitos dos nomes mais expressivos da metrologia mundial, contribuindo com palestras plenárias, mesas redondas, grupos de trabalho e painéis temático. Entre os palestrantes convidados podemos destacar o Prof. Dr. Klaus Von Klitzing, da Alemanha, vencedor do Prêmio Nobel de Física de 1985, por sua descoberta do Efeito Hall Quântico, que possibilitou a criação de um padrão de medição da grandeza resistência elétrica com base em fenômenos quânticos.

Evento: Metrologia 2011

Data de Realização:27 a30 de setembro de 2011.

Local: Centro de Convenções do Praiamar Natal & Convention – Natal/RN

Contato: metrologia2011@metrologia.org.br

http://www.metrologia.org.br/metrologia2011/Abertura.html

Site: http://www.metrologia.org.br/metrologia2011

Pesado e Medido vão ao Salão do Humor 2011

13 de junho de 2011

Como já disseram na primeira tirinha em flash que a dupla ” Pesado e Medido”  fez, eles estão cada vez mais famosos. Ainda não alcançaram a fama em Holywood mas já conquistaram seu espaço no maior evento de humor conhecido no país. Confira a matéria que o blog do Salão do Humor escreveu sobre a participação dos nossos personagens na mostra desse ano:

“Como parte da programação do 38º Salão Internacional de Humor de Piracicaba, o Ipem-SP (Intituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo) apresenta a exposição  “Ipem-SP em tiras”.  A exposição busca, com bom humor, orientar o consumidor sobre a quantidade e a qualidade dos produtos que adquire.  Para isso, usa tirinhas com situações do dia-a-dia das pessoas, transmitindo de maneira leve e divertida informações importantes que o auxilie a evitar comprar produtos inadequados e a fazer a melhor compra.
A ideia surgiu inicialmente como uma cartilha, lançada em homenagem ao Dia Internacional do Consumidor, tornando-se agora  exposição.

Os personagens Pesado e Medido, protagonistas das tirinhas,  foram criados por Pedro Luiz Montini (ou somente Montini, como assina as tiras), que trabalha com criação, desenho e texto há muito tempo. Ingressou no IPEM em 1982 como metrologista, e hoje trabalha na Assessoria de Comunicação do Ipem-SP – ACO.”

Fiscalização de catalisadores para diminuição do aquecimento global

2 de junho de 2011

Uma das principais causas do aquecimento global, principalmente nos grandes centros urbanos  é a poluição causada pelo uso intensivo do automóvel. Esse é um problema bem conhecido dos paulistanos, mas pode ser minimizado com a adoção de algumas medidas simples.

 Uma delas é bem acessível aos proprietários dos veículos: comprar catalisadores que venham com o selo do Inmetro. O catalisador é um dispositivo que é acoplado ao sistema de emissão de gases do veículo, vulgo escapamento, e serve para transformar o monóxido de carbono, os hidrocarbonetos e outros gases nocivos, em gases menos poluentes. Acontece que nem sempre esses catalisadores funcionavam direito. De agora em diante, porém, o Inmetro passou a controlar esses dispositivos e a certificação dos mesmos é obrigatória.

O selo deve estar estampado na peça e aposto na embalagem. Isso atesta que o catalisador foi submetido a ensaios de medição de emissão de gases de escapamento e está de acordo com as características de qualidade, aplicabilidade e durabilidade compatíveis com as necessidades de  controle  ambiental.

Para realizar a fiscalização desse equipamento, a  equipe técnica da capital do Departamento de Metrologia e Qualidade (DMQA) do Ipem-SP esteve reunida esta semana para treinamento sobre conversores catalíticos, popularmente conhecidos como catalisadores.

A finalidade do encontro foi ampliar o conhecimento dos especialistas e técnicos em Metrologia e Qualidade para fiscalizar este produto, que tem certificação compulsória estabelecida pela Portaria Inmetro nº 346/2008.

Objetivo da Portaria:

Estabelecer os critérios para o programa de avaliação da conformidade para conversores catalíticos destinados à reposição, com foco no meio ambiente, através do mecanismo de Declaração da Conformidade do Fornecedor compulsória, atendendo aos requisitos da Resolução Conama nº 282, de 12 de julho de 2001, visando garantir as características de qualidade e durabilidade compatíveis com as necessidades de controle ambiental e propiciar confiança ao consumidor.

A  obrigatoriedade  visa  preservar  o  meio  ambiente e combater o comércio de peças falsificadas ou de baixa qualidade. Até  dia três de abril de 2011, comerciantes e varejistas poderão comercializar os estoques remanescentes que não apresentem o selo. Após essa data, os fiscais do Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (Ipem-SP) fiscalizarão esse produto.

Campanha do Agasalho vai até dia 31 de maio – Veja como participar

9 de maio de 2011

 

Com o tema “Roupa boa a gente doa”, o Fundo de Solidariedade e Desenvolvimento Social e Cultural do Estado de São Paulo (Fussesp) inicia nesta quinta-feira, 5/5, a Campanha do Agasalho 2011.

 A iniciativa do Fussesp tem como parceiros todas as secretarias de Estado, prefeituras, empresários e a sociedade civil. O encerramento da campanha está previsto para 31 de maio.

Tudo que for arrecadado será encaminhado para cerca de 2 mil instituições cadastradas no Fundo Social como creches, asilos, albergues, casas para deficientes físicos, dependentes químicos e algumas comunidades (quilombolas, aldeias indígenas e outros).
O Ipem estará participando com caixas coletoras na sede da Rua Santa Cruz e na Rua Muriaé e poderão ser doadas quaisquer peças de roupa em bom estado de conservação.

Com as facilidades que a internet trouxe para nossas vidas, ficou mais simples de doar. Depois de separar as peças de roupa  que você irá se desfazer, basta entrar nesse endereço, inserir o CEP de sua casa e pronto, descobrirá os postos de recolhimento  localizados próximos a seu domicílio. Eu testei, são bem próximos mesmo!.

Idéias móveis- Informação e serviço vão até onde o povo está

4 de maio de 2011
Grandes idéias previnem e solucionam problemas. É o exemplo do Laboratório Móvel, idealizado e projetado por  técnicos do Ipem de Manaus.
Antes do laboratório móvel, o trabalho dos fiscais da região do Amazonas era prejudicado desde a coleta dos produtos, por falta de condições técnicas no transporte e manutenção da temperatura, até o momento do exame final.

O resultado alcançado com o laboratório superou todas as expectativas, pois com um baixo investimento, a unidade aumentou a produtividade dos fiscais e superou as metas previstas de fiscalização dos produtos pré-medidos. Todo esse processo de melhoria da atividade conferiu ao Ipem/AM, em 2008, a faixa prata do Prêmio Qualidade Amazonas, na modalidade Processo, na categoria Governamental.

No estado de São Paulo, os oito laboratórios  de Pré-medidos do Ipem verificam a quantidade dos produtos vendidos nas regiões paulistas.Eles estão localizados nas cidades de  Bauru, Campinas, Ribeirão Preto, São Carlos, São José do Rio Preto, além de Presidente Prudente, São José dos Campos e São Paulo. O desafio do estado é levar informação ao cidadão sobre as missões do Ipem-SP e sobre as normas que regulamentam a qualidade e quantidade de produtos garantindo respeito ao consumidor e segurança ao vendedor.

Dia das mães – Eletrodomésticos

27 de abril de 2011

Compra inteligente -Fique atento à essa etiqueta:

Clique na imagem para ampliar

Eletrodomésticos devem apresentar a etiqueta do Inmetro informando sobre o consumo de energia. No caso das lavadoras e fogões, devem apresentar, também, informações sobre o consumo de água e gás, respectivamente. O consumidor precisa estar atento, pois o consumo de energia, água e gás também devem ser contabilizados no orçamento.

O consumo de energia é indicado por uma etiqueta, aposta de forma visível para o consumidor, onde uma escala colorida com letras de A a G apresentam os níveis de consumo. Uma sete preta com a letra correspondente ao consumo daquele aparelho informa o seu nível de eficiência energética. Assim é fácil saber, por exemplo, que um produto classificado com letra A é mais eficiente (gasta menos) que um com a letra C.

Dessa maneira, você pode avaliar melhor e comprar o eletrodoméstico que consome menos energia, tem menor impacto ambiental e gasto menor, pesando menos no bolso. Às vezes, um produto mais barato tem menor eficiência e pode sair mais caro, pois sua conta de luz será sempre maior.

O Inmetro define quais os produtos devem ostentar o selo de eficiência energética. O Ipem-SP é responsável por fiscalizar  a  presença dos selos nos produtos, quando estão expostos a venda . Por isso não compre eletrodoméstico sem antes verificar se ele tem o selo de eficiência energética. Clique aqui e veja quais produtos precisam apresentar o selo.

ATENÇÃO  Nenhum lojista pode tirar as etiquetas dos produtos antes da venda. Isto cabe somente ao consumidor. Para garantir esse direito do cidadão, os agentes fiscais do Ipem-SP visitam periodicamente as lojas que comercializam eletrodomésticos para verificar se estes contêm a etiqueta de eficiência energética.

Quando os fiscais encontram irregularidades, o estabelecimento é notificado e pode receber multa de até R$ 50 mil, dobrando em caso de reincidência.

Encontrou algum desses produtos no mercado sem o selo?

Ligue para nossa Ouvidoria: 0800-0130522