Archive for the ‘DATAS COMEMORATIVAS’ Category

11 de julho – Dia Mundial da População

8 de julho de 2020

O Dia Mundial da População foi criado pelo Conselho de Governo do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento em 1989, como conseqüência do interesse gerado pelo Dia dos Cinco Bilhões, quando essa marca foi atingida em 11 de julho de 1987. Pela resolução 45/216 de dezembro de 1990, a ONU manteve a data para aumentar a conscientização sobre os problemas da população e as suas relações com o meio ambiente e o desenvolvimento.

Estima-se que cerca de 83 milhões de pessoas estão sendo adicionadas à população mundial a cada ano, de modo que a população global deverá atingir 8,6 bilhões em 2030; 9,8 bilhões em 2050 e 11,2 bilhões em 2100.

E antes que alguém pergunte o que o Almanaque tem a ver com isso, lembramos que demografia é metrologia. A Demografia e a Geografia da População são ciências afins que se valem da quantificação obtida nos censos demográficos, e das correlações e análises estatísticas de dados, para estudar o fenômeno populacional e a sua dinâmica, e com isso projetar tendências e suas consequências.

Ilustração: wikimedia commons – clique na imagem para ampliar

Uma dessas correlações, a densidade demográfica, é uma medida de distribuição das pessoas em uma determinada área (habitantes por quilômetro quadrado). O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) estima que a população brasileira já ultrapassou os 210.000.000 (duzentos e dez milhões) de pessoas. Como o Brasil tem área de 8.515.767 km², então a densidade demográfica média será de 24,6 hab/km². Parece pouco, mas não é, pois o território brasileiro tem imensas áreas despovoadas. Veja no mapa a distribuição da população no mundo.

26 de junho: Metrologistas também têm o seu dia!

26 de junho de 2020

Urânia – cópia romana restaurada, baseada em original grego do século IV a.C.

Urânia, uma das nove musas gregas, representa a astronomia, a geometria, as medições… Urânia é, talvez, a primeira entidade mítica cuja atividade era medir, e que é tradicionalmente representada com um compasso e com o globo terrestre. Os antigos gregos eram realmente sábios: não apenas criaram uma musa para a metrologia, como criaram uma metrologista musa!

Em uma representação mais moderna, o globo de Urânia exibe meridianos e paralelos.

A metrologia está em toda a parte, e as atividades que exigem a presença de metrologistas não são poucas. No Brasil comemoramos o Dia Nacional do Metrologista em 26 de junho porque foi nessa data, em 1862, o Imperador Dom Pedro II promulgou a lei nº. 1157, pela qual o Brasil adotou o Sistema Métrico Decimal.

Aqui no Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo, metrologistas são a própria alma da instituição e trabalham duramente para que haja lisura nas transações comerciais, proteção ao consumidor, leal concorrência e suporte técnico metrológico às forças produtivas do Estado e do País.

O Almanaque do Ipem-SP, em cujas veias virtuais correm bits e bytes metrológicos, parabeniza metrologistas de todas as áreas, de todos os tempos e de todos os cantos do planeta! Pede licença, entretanto, para registrar aqui um abraço especial às Especialistas e aos Especialistas em Metrologia e Qualidade do Ipem-SP, mulheres e homens que são o esteio do Instituto. Parabéns, colegas! E também parabenizamos os Técnicos em Metrologia e Qualidade do Ipem-SP, que compõem as equipes metrológicas e “botam a mão na massa”. Que Urânia, a Celestial, nos inspire a todos!

20 de Junho! Começou o Inverno!

19 de junho de 2020

Neste ano de 2020 o solstício de inverno no hemisfério sul ocorre, precisamente, às 18 horas e 44 minutos do dia 20 de junho!

Para quem não se lembra, em astronomia solstício é o momento em que o Sol, durante o seu movimento aparente ao redor da terra, atinge o ponto de maior latitude em um dos hemisférios (maior declinação, diriam os astrônomos). Os solstícios ocorrem duas vezes ao ano, em junho e dezembro. Agora, por exemplo, é solstício de inverno aqui no hemisfério sul, o que significa que teremos a noite mais longa do ano. Enquanto isso, no hemisfério norte, será solstício de verão, e eles terão o dia mais longo do ano. Em dezembro a situação se inverte: para nós será solstício de verão, enquanto para eles será solstício de inverno.

Na maior parte do território brasileiro as temperaturas não chegam a cair muito, a não ser nos lugares mais elevados (as serras), ou mais ao sul, onde as maiores latitudes influenciam o clima.

Mas o que é que a metrologia tem com isso? Bem, o próprio conceito de latitude tem a ver com metrologia. Latitude e longitude são coordenadas geográficas que permitem medir distâncias e localizar um ponto na superfície do planeta. Isso é feito com os chamados paralelos e meridianos. Aliás, foi medindo o comprimento de um meridiano que se chegou à primeira definição do metro!

Os meridianos são linhas imaginárias traçados de polo a polo, verticalmente ao equador. Marcam a longitude. O principal deles é o meridiano de Greenwich, que passa pela cidade do mesmo nome na Inglaterra. É o marco inicial de longitude e dos fusos horários.  Os paralelos, como o nome diz, são linhas imaginárias traçadas paralelamente ao equador e que delimitam, entre outras coisas, as zonas tropicais e polares. Marcam a latitude.

Placa assinala o local, na Rodovia Anhanguera, em São Paulo, Capital, onde passa o Trópico de Capricórnio

Os trópicos são paralelos que delimitam as zonas tropicais e marcam o ponto mais ao norte, ou mais ao sul que o sol atinge durante os solstícios de verão e de inverno. O trópico de Capricórnio (23° 26’ 14” S) delimita a zona tropical sul e passa, no Brasil, sobre o Estado de São Paulo (inclusive aqui na cidade de São Paulo) e também no norte do Paraná e sul do Mato Grosso do Sul. Por estarmos no solstício de inverno, o sol se encontra sobre o trópico de Câncer (23° 26″ 14′ N) e determina o início do verão no hemisfério norte.

Dia Mundial da Acreditação 2020

9 de junho de 2020

O dia 9 de junho de 2020 marca o Dia Mundial da Acreditação ou World Accreditation Day, uma iniciativa global estabelecida pela ILAC (International Laboratory Accreditation Cooperation) e pela IAF (International Accreditation Forum) para promover o valor da acreditação. O tema deste ano se concentra em como o credenciamento apoia a segurança alimentar, reforçando a confiança dos consumidores, fornecedores, compradores e especificadores na qualidade e segurança dos alimentos.

A importância do credenciamento em segurança de alimentos, observando como este garante serviços de inspeção, certificação e teste competentes e imparciais em todas as partes das cadeias locais, nacionais e internacionais passa a ser fundamental. O credenciamento apóia os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas, particularmente Boa Saúde e Bem-Estar.

ILAC-Blurb-01 - Product Safety Inc Links Úteis – SNMV

Dia Mundial do Meio Ambiente 2020

1 de junho de 2020

Dia Mundial do Meio Ambiente: Hora da Natureza

O Dia Mundial do Meio Ambiente foi criado no dia 5 de junho pela Assembleia Geral da ONU, em 1972, durante a Conferência de Estocolmo, na Suécia, onde o tema principal foi o meio ambiente. A partir daí a data tem sido comemorada todos os anos com eventos destinados a conscientizar as pessoas da necessidade de preservar o meio ambiente.

Este ano será a vez da Colômbia sediar a conferência internacional do Dia Mundial do Meio Ambiente, com o tema “Hora da natureza”. Abaixo reproduzimos o texto do site “World Environment Day” suportado pela ONU.

Os alimentos que comemos, o ar que respiramos, a água que bebemos e o clima que torna nosso planeta habitável vêm da natureza. Somos mais dependentes do que imaginamos de sua rede interconectada e do seu delicado equilíbrio.

Contudo, esse é um momento singular em que a natureza está nos mandando uma mensagem. Ela está nos mostrando que a vida como a conhecemos está à beira de um colapso.

É hora de acordar. De tomar consciência. De repensar nossa relação com o meio ambiente.

É hora de soltar a voz e dizer ao mundo que precisamos agir. Esse Dia Mundial do Meio Ambiente é a hora da Natureza.

Dia Mundial do Meio Ambiente: Hora da Natureza

Dia Mundial da Metrologia 2020

19 de maio de 2020

Cartaz do Dia Mundial da Metrologia 2020 criado pela Afrimets – Sistema Intra-Africano de Metrologia

O Dia Mundial da Metrologia é comemorado no dia 20 de maio. Aqui no Almanaque costumamos repercutir o tema que o BIPM – Escritório Internacional de Pesos e Medidas, e a OIML – Organização Internacional de Metrologia Legal definem para essa data tão importante.

A seguir apresentamos tradução do texto do site World Metrology Day. O tema deste ano é “Medições para o Comércio Global”.

“O tema foi escolhido com o objetivo de conscientizar sobre o importante papel que a medição desempenha na facilitação de um comércio global justo, garantindo que os produtos atendam aos padrões, regulamentos e expectativas de qualidade do cliente.

De fato, a metrologia, a ciência da medição, tem desempenhado um papel central na descoberta e inovação científicas, na fabricação industrial, no comércio internacional, na melhoria da qualidade de vida e na proteção do ambiente global.

O Dia Mundial da Metrologia celebra, anualmente, a assinatura da Convenção de Metro em 20 de maio de 1875 por representantes de dezessete nações. A Convenção estabeleceu a estrutura para a colaboração global na ciência da medição e em suas aplicações industriais, comerciais e sociais. O objetivo original da Convenção do Metro – a uniformidade mundial da medição – permanece tão importante hoje quanto em 1875.

O projeto do Dia Mundial da Metrologia é realizado em conjunto pelo BIPM – Escritório Internacional de Pesos e Medidas, e pela OIML – Organização Internacional de Metrologia Legal.”

24 de abril: Ipem-SP faz 53 anos!

24 de abril de 2020

Sim, o Ipem-SP completa, neste dia 24 de abril, mais um aniversário! Gostaríamos que essa data festiva não tivesse coincidido com a pandemia que assola o planeta, mas apesar da Covid-19 e das tragédias que essa enfermidade tem provocado mundo afora, instituições imprescindíveis como o Ipem-SP precisam continuar trabalhando.

E porque continuamos trabalhando, resolvemos comemorar a data mudando um pouco o visual. Com isso marcamos, ainda que discretamente, uma renovação no papel deste blog, que passará a atuar de maneira integrada com o novo site a ser inaugurado em breve. Vida longa ao Ipem-SP!

Água, Mudança Climática e Equinócio

20 de março de 2020

O dia 22 de março, Dia Mundial da Água, foi criado pela Assembleia Geral da ONU durante a Eco-92, Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, no Rio de Janeiro. A data visa promover a conscientização das pessoas, entidades e governos sobre a importância da conservação dos recursos de água doce.

A cada ano um novo tema é escolhido. Este ano o tema é “Natureza e Mudança Climática”. Infelizmente, todas as atenções estão voltadas, compreensivelmente, para a pandemia causada pelo coronavírus. Porém, por mais preocupante que seja, a COVID-19 não coloca em risco a espécie humana. Já a mudança climática, se nada for feito, poderá comprometer a própria vida no planeta em algumas décadas.

O dia 20 de março, por outro lado, marca o fim do verão e o início do outono aqui no hemisfério sul. O fenômeno é chamado equinócio e ocorre quando o Sol, na sua órbita aparente em torno da terra, cruza o equador celeste (projeção do equador terrestre no céu).

O equinócio ocorre duas vezes no ano, em março (para nós, o início do outono) e em setembro (para nós, o início da primavera). A palavra vem do latim aequinoctium, de aequus (igual) e nox (noite) e significa “o dia em que a duração da noite é igual à do dia”, pois ambos os hemisférios da Terra são igualmente iluminados.

O dia 23 de março é, muito oportunamente, o Dia da Meteorologia, ciência que estuda a atmosfera terrestre e que, entre muitas outras coisas, faz a previsão do tempo. Tudo a ver com mudança climática, com equinócio, com água e, é claro, com metrologia, já que sem medição não se faz ciência.

Ah! Por favor, não confunda a aniversariante Meteorologia com Metrologia, a ciência das medições. A palavra “meteorologia” vem do grego metéōros, que significa “elevado” (o céu).

 

Dia Mundial do Consumidor – 2020

15 de março de 2020

O Dia Mundial dos Direitos do Consumidor é comemorado desde 15 de março de 1983. Nesse dia do ano de 1962 o então presidente dos EUA, John Kennedy, enviou ao Congresso Americano uma mensagem, hoje famosa, onde afirmava o direito do consumidor à segurança, à informação, à escolha e a ser ouvido. Em 1985 a Assembleia Geral das Nações Unidas adotou a tese e a incluiu entre as Diretrizes das Nações Unidas, o que conferiu legitimidade e reconhecimento internacional ao tema.

No Brasil, a Lei nº 8.078/1990 foi um marco nas relações de consumo, e ficou conhecida como Código de Defesa do Consumidor.  Acesse o Código e a legislação correlata na excelente coletânea publicada pelo Senado Federal.

Quanto ao Ipem-SP, desde a sua fundação em 1967 o Instituto vem protegendo o consumidor ao fiscalizar instrumentos de medir, produtos pré-medidos, produtos têxteis e produtos sujeitos à avaliação obrigatória da conformidade. O Ipem-SP também faz campanhas e desenvolve estratégias de comunicação para orientar o consumidor. Acesse as cartilhas de orientação produzidas pelo Ipem-SP, e muitas outras publicações interessantes na seção de publicações do site do Instituto.

Dúvidas, comentários?  Deixe uma mensagem no post, ou ligue para a Ouvidoria do Ipem-SP. O telefone é 0800.013.05.22

CARNAVAL 2020!

17 de fevereiro de 2020

Todo ano, pouco antes do Carnaval, costumamos chamar a atenção para os produtos típicos desse período de folia. Este ano, além das dicas de sempre, vamos falar um pouco mais sobre essa festa e explicar como se define o dia e o mês em que ela ocorre.

Mas, primeiro, vamos às dicas:

Fantasias são produtos têxteis sujeitos à fiscalização do Ipem-SP. Na hora de comprar a fantasia, veja a “composição têxtil” informada na etiqueta.  Essa informação é importante porque algumas pessoas são alérgicas a determinadas fibras. A etiqueta também exibe informações sobre o fabricante ou importador, o país de origem, os cuidados para a conservação do produto e uma indicação de tamanho.

Brinquedos! No carnaval muita gente usa brinquedo, até as crianças. Ao comprar brinquedos típicos de carnaval procure o selo de certificação (selo de conformidade do Inmetro) e observe a faixa etária indicada na embalagem do produto. As máscaras infantis (menos as descartáveis, de papelão) e os adereços que acompanham as fantasias das crianças (tiaras, martelinhos, espadinhas etc.) são considerados brinquedos e precisam ser certificados. Lembre-se: brinquedo sem o selo do Inmetro põe em risco a saúde da criança.

Preservativos: O preservativo de uso masculino, a conhecida camisinha, deve ter o símbolo do Inmetro na embalagem. Veja também o prazo de validade e não compre se a embalagem estiver danificada. O Ipem-SP fiscaliza e retira de comercialização as camisinhas irregulares.

Bafômetro: As leis brasileiras são bastante rígidas com aqueles que dirigem alcoolizados, e quem quiser correr o risco pode ser pego pelo bafômetro…. E não vai adiantar comer cebola, chupar bala de hortelã, mascar chiclete, tomar vinagre ou qualquer outra “receita caseira”, pois os bafômetros usados pela polícia são verificados pelo Ipem-SP e nunca se enganam. Então, se beber, não dirija!

Táxi:  Resolveu ir para a folia de táxi? Sábia decisão! O Ipem-SP verifica periodicamente os taxímetros para que estes registrem corretamente o valor da corrida.

Como é definido em que dia “cai” a Terça-feira de Carnaval

O Carnaval é uma festa móvel ligada ao calendário litúrgico católico. O nome Carnaval tem origem provável na expressão italiana carne levare (suprimir a carne), ou mesmo do latim tardio carne vale (despedir-se da carne). Acontece que imediatamente após o carnaval inicia-se o período da Quaresma, que é uma preparação para a Páscoa. Durante a Quaresma, que começa na Quarta-feira de Cinzas, os fiéis não podem comer carne. Daí a expressão “Terça-feira Gorda”, último dia antes da Quaresma em que a carne é permitida.

Arlequim, Colombina e Pierrot são personagens da Commedia dell’Arte, estilo teatral nascido na Itália do século dezesseis, e que durante muitos anos inspirou as fantasias e as marchinhas de carnaval.

Segundo a liturgia católica, o Carnaval ocorre 47 dias antes da Páscoa. Por ter a sua origem ligada ao calendário lunossolar judeu (baseado nos movimentos do Sol e da Lua) a Páscoa ocorre no primeiro domingo depois da primeira lua cheia que surgir após o dia do primeiro equinócio do ano (primavera no hemisfério norte e outono no hemisfério sul). Complicado? Nem tanto, veja:

  • Data em que ocorre o primeiro equinócio de 2020: 20 de março.
  • Primeira Lua Cheia depois do equinócio: 7 de abril, terça-feira.
  • Primeiro domingo depois desse dia: 12 de abril, Páscoa.
  • 47 dias antes da Páscoa: 12 dias de abril + 31 dias de março + 4 dias de fevereiro (que este ano tem 29 dias por ser bissexto).
  • Resultado: 25 de fevereiro, Terça-feira de Carnaval.

Sim, é muito mais fácil olhar no calendário. Mas afinal, este é um blog sobre metrologia, e contagem de tempo é medição…

É bom lembrar que o carnaval não é feriado nacional. Aqui em São Paulo, por exemplo, o carnaval é ponto facultativo. Contudo, as repartições públicas, os bancos e a maioria das empresas costumam liberar seus empregados, de modo que para muitos paulistas a folia começa no sábado e só termina na quarta-feira.

No caso de dúvidas, sugestões ou reclamações, fale com a Ouvidoria do Ipem-SP. O telefone é o 0800 013 05 22 e a ligação é gratuita.

Boa diversão!