Archive for the ‘Bomba de combustível’ Category

Tiras da dupla Pesado e Medido – Laboratório antifraudes

25 de abril de 2017

clique na imagem para ampliar

Você sabe o que é um labdata? Ele pesquisa e desenvolve soluções em eletrônica, microeletrônica, rádio frequência, software, hardware e outras coisas do gênero que envolvem  a captação, transferência e processamento de dados por meio eletrônico e digital. E para quê o Ipem-SP precisa disso? Muito simples, para fazer frente à crescente sofisticação das fraudes eletrônicas e digitais em instrumentos de medição, sobretudo em bombas de combustível.

clique na imagem para ampliar

O labdata do Ipem-SP, oficialmente chamado de Laboratório de Desenvolvimento de Tecnologias Antifraudes do Ipem-SP (MLLAB) foi inaugurado oficialmente no dia 24 de abril deste ano, durante as comemorações dos 50 anos da Autarquia, e surgiu a partir da parceria entre o Ipem-SP e o Sindicom – Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Combustíveis e Lubrificantes.

clique na imagem para ampliar

Desde a sua origem os pesquisadores do futuro MLLAB já vinham produzindo excelentes resultados, embora ainda com poucos recursos, na detecção de fraudes eletrônicas e digitais em bombas de abastecimento de combustível. O processo de detecção de fraudes desenvolvido pelo MLLAB consiste em um sistema integrado de emissão e recepção de sinais eletromagnéticos gerenciados por computador, que incorpora tecnologia inovadora e sofisticada.

clique na imagem para ampliar

As pesquisas ganharam maior relevância com o aporte dos recursos tecnológicos necessários e com as fiscalizações sistemáticas em postos de combustível do programa “Operação Olhos de Lince”.

clique na imagem para ampliar

A “Operação Olhos de Lince” teve início em maio de 2016. Apenas neste ano de 2017 a “Operação Olhos de Lince” fiscalizou mais de 2.000 (dois mil) postos de combustível e verificou mais de 24.000 (vinte e quatro mil) bombas de combustível, dentre as quais mais de 1.200 (mil e duzentas) estavam irregulares, muitas delas com fraudes eletrônicas e digitais que lesavam o consumidor.

clique na imagem para ampliar

Apesar de usarmos as tirinhas de humor para tratar do assunto, a coisa é séria! Os responsáveis pelos postos de combustível irregulares são autuados, as bombas de combustível são interditadas e as multas são pesadas… A “Operação Olhos de Lince” não tem data prevista para terminar.

Bomba de combustível: Como é feita a fiscalização

21 de junho de 2010

O Ipem-SP fiscaliza, pelo menos uma vez ao ano, as bombas de combustível dos postos de serviço no Estado de São Paulo. Veja como isso é feito:

Em primeiro lugar a equipe de fiscalização do Ipem-SP, geralmente composta por um Especialista em Metrologia e Qualidade (fiscal) acompanhado de um Técnico em Metrologia e Qualidade (auxiliar) se identifica ao responsável pelo estabelecimento e solicita que este indique alguém para acompanhar os trabalhos.

O fiscal utiliza um coletor de dados eletrônico para conferir e atualizar os dados do estabelecimento e para registrar e controlar os instrumentos verificados.

No caso da bomba de combustível são realizados os ensaios de exame visual e de erros de medição (desempenho da bomba), e a consequente  substituição de lacres e selos. Após a verificação o responsável pelo estabelecimento deve recolher o valor da taxa de verificação.  Caso haja alguma irregularidade o posto de serviço pode ser autuado e a bomba de combustível pode ser interditada.

O vídeo a seguir documenta todo o procedimento. Acompanhe:

Abastecer o carro: Dicas e Mitos

21 de maio de 2010

Verdade  ou não, todos dizem que o carro está entre as grandes paixões do brasileiro. Porém, mesmo que para você o carro seja  apenas um meio de transporte, conferir o abastecimento é a forma correta de evitar alguns transtornos e diminuir a probabilidade de levar menos combustível do que a bomba anuncia.

Os mitos:

1 – Encher o tanque nas primeiras horas da manhã, quando o combustível está mais “denso”, significa mais gasolina, álcool ou diesel em seu tanque.

Isso é verdade em tese. (more…)