Posts Tagged ‘Caminhão-tanque’

Metrologia em Revista ano II, números 2 e 3.

5 de novembro de 2018

clique na imagem para acessar a revista

clique na imagem para acessar a revista

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Desta vez, como você pode notar, estamos apresentando duas revistas ao mesmo tempo. Aconteceu o seguinte: No momento de lançarmos a Metrologia em Revista Ano II n° 2 (julho de 2018) aqui no Almanaque, a Lei Eleitoral que acabara de entrar em vigor nos impedia de promover qualquer alteração no blog. Da mesma forma, quando pretendemos lançar a Metrologia em Revista Ano II n° 3 (outubro de 2018), a citada Lei ainda vigorava, pois aqui no Estado de São Paulo a disputa eleitoral se estendeu ao segundo turno. Mas veja pelo lado bom. Você poderá ler ambas as revistas na sequência! Boa leitura!

 

 

Verificação de Caminhão-Tanque

10 de fevereiro de 2011

Talvez você não saiba, mas um dos muitos trabalhos que o IPEM realiza é verificar o volume dos tanques que transportam combustíveis líquidos. Sabe esses caminhões-tanque que a gente vê nos postos de combustível? Pois então! O dono do posto compra o combustível baseado na quantidade de litros contidos no tanque do caminhão.

Funciona assim: O dono do posto encomenda à distribuidora de combustível dez mil litros de gasolina e dez mil litros de óleo diesel, por exemplo. A distribuidora escolhe um caminhão cujo tanque comporte vinte mil litros divididos em dois compartimentos de dez mil litros cada um. Depois de enchê-los com o combustível e de lacrar as bocas de inspeção e de descarga, emite a nota fiscal e manda o caminhão fazer a entrega no posto. Chegando lá a carga é conferida e descarregada.

Acontece que a única maneira de conhecer a capacidade volumétrica do tanque do caminhão é mediante o Certificado de Verificação Volumétrica emitido pelos postos de verificação de tanques (VT) do IPEM. São quatro postos: Em Guarulhos, Bauru, São José do Rio Preto e Paulínia.

Os técnicos do IPEM conferem a capacidade do tanque enchendo com água cada um dos compartimentos. O volume de água colocado no tanque é medido com precisão por meio de um medidor volumétrico calibrado. Uma vez determinado o volume de cada compartimento, uma referência é afixada, marcando até onde o tanque precisa ser enchido para conter o volume correto. Na verdade, cada compartimento do tanque é uma medida de volume calibrada! Simples, mas fundamental, como a maioria das coisas simples.

Para obter o serviço acesse o site do IPEM-SP.