Posts Tagged ‘VIM’

Calibração versus Verificação – Parte 1

28 de outubro de 2019

Qual é a diferença entre verificação metrológica, calibração e ajuste?

Para a maioria das pessoas esses conceitos são irrelevantes. Mas para quem trabalha com metrologia ou realiza algum tipo de medição formal, legal ou profissional (comércio, indústria, serviços, pesquisa, controle etc.) é muito importante conhece-los e não confundir uns com os outros.

Os termos “calibração e ajuste” podem ser encontrados no VIM – Vocabulário Internacional de Metrologia, enquanto a “verificação metrológica” encontra-se no VIML – Vocabulário Internacional de Metrologia Legal. Contudo, as definições apresentadas nesses documentos podem parecer um tanto herméticas para quem não é especialista. Por isso vamos comentá-las aqui no blog.

Por ser um pouco longo, o assunto foi dividido em duas partes. Este post é sobre calibração. A verificação metrológica será abordada no próximo post.

Calibração – definição dada pelo VIM

Operação que estabelece, sob condições especificadas, numa primeira etapa, uma relação entre os valores e as incertezas de medição fornecidos por padrões e as indicações correspondentes com as incertezas associadas; numa segunda etapa, utiliza esta informação para estabelecer uma relação visando a obtenção dum resultado de medição a partir duma Indicação.

calibração de peso padrão no laboratório de massa do Ipem-SP

Comentário

Simplificando, a calibração consiste em comparar um instrumento de medição, ou uma medida materializada (pesos, por exemplo), com padrões de referência. Para calibrar uma balança, por exemplo, usa-se padrões de massa adequados (pesos padrão). São feitos vários ensaios em cada ponto especificado do instrumento. As indicações que a balança apresentar e as incertezas associadas são anotadas no certificado de calibração.

Ou seja, a calibração apresenta um diagnóstico sobre o desempenho do instrumento e permite avaliar se este pode ser utilizado no processo pretendido. Pode-se, também, utilizar as informações do certificado de calibração para corrigir a indicação do instrumento durante uma medição. A calibração permite, também, avaliar se o instrumento ou medida materializada precisa passar por manutenção ou ajuste.

Ajuste

Atenção! Calibração não é ajuste. O ajuste consiste em interferir no instrumento ou padrão, depois de calibrado, para que este passe a apresentar indicações consistentes com os resultados apurados na calibração. Um peso padrão comercial pode, por exemplo, ser ajustado retirando-se ou acrescentando-se massa na sua câmara de ajuste, com base nas informações do certificado de calibração. Após o ajuste é necessário proceder a uma nova calibração.

Importante. A calibração (e eventual ajuste) é operação eminentemente técnica e voluntária. O detentor dos instrumentos ou medidas materializadas deve decidir sobre a necessidade e periodicidade de calibrá-los, quer em razão do seu processo de trabalho, quer para cumprir especificação do cliente ou de eventual exigência de sistema de gestão da qualidade.

Em resumo, a calibração não se confunde e não substitui a verificação metrológica, e vice versa. São procedimentos distintos que visam objetivos diversos. A calibração pertence ao escopo da metrologia geral, é voluntária e serve principalmente como diagnóstico. A verificação pertence ao escopo da metrologia legal, é obrigatória e serve para apurar se o sistema de medição está de acordo com as exigências legais. A primeira é um procedimento eminentemente técnico, enquanto a segunda é uma ação eminentemente fiscal.

Para acessar os conceitos citados aqui na sua íntegra, consulte o VIM – Vocabulário Internacional de Metrologia

Saiu a Metrologia em Revista número dois!

4 de agosto de 2017

Clique na imagem para acessar a revista.

A Revista Digital “Metrologia em Revista” do segundo trimestre de 2017 traz muita coisa interessante para quem curte metrologia e tecnologia. Leia e envie os seus comentários aqui para o Almanaque.